quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Capitulo IX

Depois daquele sexo todo tanto Zac como Vanessa caíram na cama exaustos e adormeçam, Vanessa esparramada no peito de Zac e ele com uma das mãos por entre os longos fios negros do cabelo dela.
Uma noite descansada e muito bem passada pelos dois, pelo menos ate acordarem. Já era tarde quando Zac abriu os olhos, olhou para os lados e constatou que já não devia estar ali á muito tempo, deixou-se dormir. Levantou-se da cama devagar e vestiu-se na maior das pressas, antes de sair pegou num papel e deixou uma mensagem em cima da mesa "Adormecemos, tive de ir para casa, passa por la antes de ires pro FBI, prometi ao Alexander que te levava la, tenho a certeza que ele não se esqueceu. Ate já, e foi uma grande noite."


Ao chegar a casa, como Zac já esperava já estavam todos acordados e Brittany também já tinha chegado, Zac apostava que o ia chatear.
Zac : bom dia. -disse tentando fazer todos pensar que passou a noite trabalhar, como sempre que não dormia em casa- só consegui chegar agora mas ainda vou a tempo de vos levar ao infantário. -disse beijando a bochecha de cada um dos filhos-
Brittany : ficas-te a trabalhar? -perguntou, como sempre intrometida-
Zac : onde querias que tivesse ficado? -perguntou a rir- tinha um relatório importante para entregar hoje e não podia atrasar.
Brittany : ok, por uns momentos pensei que tivesses passado a noite com uma certa morena que tem um perfume óptimo. -disse a rir- cheiras bem Zac, um pouco feminino mas gostos são gostos! -disse a rir muito, Zac podia ter levado a mal aquela intromissão na sua vida mas preferiu nem ligar para dar a entender que não estava nem ai-
Zac : como sabes a certa morena esta a trabalhar comigo, e sim passei a noite com ela, a trabalhar, no FBI.
Brittany : estas a dar-me tantas informações que nem te estou a reconhecer, onde esta aquele Zac que não se importa com aquilo que eu penso, ou digo?! -Brittany estava adorar aquela situação, pobre Zac, é mesmo homem-
Zac : esse Zac esta bem aqui mas quando o assunto é mulheres eu quero deixar claro que não quero saber de nenhuma delas, parlem de ti e da minha querida Manuela! -disse abraçando a senhora de lado que ria da figura de Brittany e Zac-
Manuela : devia ver-se mais vezes ao espelho meu querido. -disse para Zac- a marca que tem aqui, -disse passando a mão pelo pescoço de Zac- não dá a entender que passou a noite a trabalhar, mas sim a divertir-se -naquele mesmo momento Zac levantou-se e olhou-se no espelho, quando viu aquele enorme chupão no seu pescoço arregalou os olhos e olhou para o chão enquanto Brittany e Manuela riam-
Brittany : vais continuar com essa de que passas-te a noite no FBI a trabalhar ou vais dar-me razão em relação aquilo que eu te disse ontem? -disse a rir, estava adorar ver a cara de Zac ficar vermelha- (lembram-se da conversa entre a Brittany e o Zac? é essa conversa)
Zac : eu não tenho de te dizer nada, o patrão aqui sou eu e são vocês que me têm de dar explicações, não o contrario! -disse irritado, não muito, estava mais encabelado do que irritado- vou subir e quando descer quero os meninos prontos e com o pequeno almoço tomado, não quero chegar atrasado ao FBI como ontem.
Manuela : se passou la a noite hoje não devia ir, pelo menos de manha, devia ficar na cama a dormir, para recuperar as forças da noite de ontem menino. -foi impressão de Zac ou Manuela foi irónica, era só aquilo que lhe faltava, as empregadas a meterem-se na sua vida!-
Zac : trabalhem que é para isso que vos pego! -Zac acabou de subir as escadas e atirou-se pra cama assim que entrou no quarto. Como é que não reparou naquele chupão?! Definitivamente, naquele casa é impossível haver segredos-

Vanessa : Zac?! -perguntou quando percebeu que Zac não estava ao seu lado, quando acordou procurou Zac com os braços pela cama mas não o encontrou-
Esfregou os olhos e sentou-se na cama, espreguiçou-se e sentiu o seu corpo doer, estava tão mole, não tinha vontade de fazer nada, nem mesmo de se levantar.
Com muito esforço e força de vontade levantou-se, sentiu as suas pernas falharem. Sorriu ao lembrar-se da noite passada. Foi sem sombra de duvidas a melhor noite da sua vida, o seu corpo e cansaço era a prova viva disso. Foi ate á casa de banho, passou a cara por agua e foi para a cozinha, enquanto preparava o café viu um papel em cima da mesa, assim que o leu soube onde Zac estava e também que se tinha de despachar. Correu para a casa de banho e tomou um banho.  Vestiu-se e bebeu o café antes de sair.


Zac : prontos? -perguntou assim que desceu as escadas, já tinha tomado banho e mudado de roupa-

Alexander : a Nane papa? -perguntou com a mochila nas costas e a chupeta na boca- meteste(prometeste) papa!
Zac : eu sei filho, eu disse á Vanessa para vir aqui, ela deve estar quase a chegar. -Zac pegou em Alexander e sentou-se no sofá com ele no colo ao lado de Abby-
Abby : minta(faminta) papa! -disse passando a mão pela barriga- colate(chocolate)!
Zac : isso não é fome, é gula sua espertinha! -Zac colocou Alexander sentado no sofá e começou a fazer cossigas a Abby que se contorcia de rir- nada de chocolate de manha sua gulosa!
Brittany : olhem quem chegou!
Assim que Alexander viu Vanessa soltou do sofá o correu o mais rápido que as suas perninhas conseguiam ate ela ... 
Alexander : Nane! -disse em meio de um suspiro assim que sentiu Vanessa abraça-lo- dades(saudades) tuas!
Vanessa : também já tinha saudades tuas coisa linda. -Vanessa deu um beijo na bochecha de Alexander e colocou-o no chão -
Abby : Nane?! -meio que chamou, gritou-
Vanessa : diz princesa.
Abby : baço(abraço) -Abby esticou os bracinhos na direcção de Vanessa que riu e esperou que a morena pegasse nela- puque(porque) não domes(dormes) aqui? -perguntou assim que Vanessa se sentou no sofá com ela no colo-
Vanessa : eu tenho a minha casa meu amor, é la que tenho de dormir.
Alexander : poes(podes) domir(dormir) aqui! -disse a sorrir- não fa(faz) male(mal) poi não poi papa?! -perguntou inocente, antes de Zac responder, Vanessa antecipou-se.-
Vanessa : claro que faz mal, vocês ficam aqui com o vosso pai e eu fico em minha casa. Sempre que vocês quiserem vão la e eu venho aqui, pode ser? -perguntou a sorrir-
Alexander : pode! -falou abraçando Vanessa.-
Tanto Alexander como Abby adoravam Vanessa, Zac conseguia ver pela maneira como elas reagiam com a presença dela. Mas Alexander era diferente, Alexander sentia por Vanessa aquilo que deveria ter sentido por Amanda, a mãe que nunca conheceu. Isso assustava Zac, um dia, quando Vanessa tivesse de ir embora Alexander iria sofrer, Abby também, mas Alexander mais do que ninguém.
Zac : temos de ir, já vão chegar atrasados á escola e eu ao trabalho. -falou tentando não olhar para Vanessa, era estranho olha-la depois de tudo o que tinham compartilhado na noite passada. Preferia encara-la sem ter ninguém é volta-
Abby : a Nane pode ile(ir) cunos(connosco)?
Vanessa : não meu amor, não posso, tenho de ir trabalhar e também já vou chegar atrasada. -Vanessa também preferia encarar Zac, depois da noite passado, num sitio calmo, onde de preferência estivessem apenas os dois- vemos-nos depois, pode ser? -esta pergunta era para os três, Alexander e Abby e também Zac que percebeu o duplo sentido da pergunta-
Alexander e Abby : sim. -falaram em unisso-
Vanessa : amanha venho verbos ok? -perguntou ao pegar no saco e dirigir-se á porta- ate amanha. -Vanessa deu um beijo no rosto de Alexander e Abby e olhou para Zac- encontramos-nos no FBI.
Zac : claro. -Zac acompanhou Vanessa ate á porta e assim que ela saiu Brittany entrou a sorrir- nem te atrevas abrir a boca, na hora do costume vais buscar os meus filhos á escola.
Brittany : claro chefinho, tu mandas! -disse irónica-
Zac : folgada! -falou com os filhos no colo-
Brittany : esta noite estas a pensar dormir em casa ou vais ter muito trabalho para fazer no FBI? -perguntou antes de Zac abrir a porta-
Zac : eu vou dormir fora quando eu quiser, onde eu quiser e com quem eu quiser. Tu não tens nada a ver com isso dona Brittany. -respondeu antes de sair-
Brittany : tens razão, podes dormir fora quando tu quiseres e onde tu quiseres, agora com quem quiseres não me parece chefinho. -piscou o olho a Zac- a Vanessa não me parece daquelas mulheres que gostam de repartir! -antes mesmo de Zac abrir a boca Brittany já corria escadas acima e rir. Antes de sair Zac respirou fundo e balançou a cabeça, aquela Brittany era impossível.-


Vanessa : ate que enfim! -disse assim que Joseph entrou na sala- porque é que me mandou chamar se não estava aqui? estou á mais de 5 minutos á sua espera!
Joseph : ainda bem que não criou raízes Vanessa. -disse sarcástico- sente-se, temos muito que conversar.
Vanessa : se é sobre a investigação ainda não há ...
Joseph : não é sobre a investigação. -falou interrompendo-a- é sobre o seu envolvimento com o agente Efron. -Joseph não tinha mesmo papas na língua, aquilo que tinha de dizer dizia, e a quem quer que fosse-
Vanessa : desculpe? -perguntou depois de soltar uma gargalhada alta- eu não tenho que falar consigo sobre a minha vida pessoal!
Joseph : vou apenas fazer-lhe um aviso Vanessa, um aviso de amigo. -assim como Vanessa que depois de saber o porquê de Joseph a ter chamado se levantou, Joseph também estava em pé- não se iluda nem crie falsas expectativas sobre o agente Efron, ele é mais matreiro que uma raposa. -avisou- se ele esta consigo é por alguma razão e melhor do que eu você sabe que não é amor. Quando o Zachary conseguir aquilo que quer vai fazer de tudo para a voltar a meter na prisão, sitio que segundo ele uma vagabunda como você nunca deveria ser saído.
Vanessa : ele disse isso? -perguntou deixando transparecer a sua desilusão-
Joseph : se não acredita em mim pergunte-lhe, ninguém melhor do que ele para lhe responder a essa pergunta. -sorri- se precisar de alguma coisa sabe onde me encontrar.
Vanessa : não vai ser necessário. -sem mais dizer Vanessa saiu da sala de Joseph furiosa. Era aquilo que Zac pensava dela? Ela não passava de um brinquedo nas mãos dele que assim que perdesse a utilidade ele iria mandar para o lixo?-


Ashley : posso entrar? -perguntou com a cabeça dentro na sala de Vanessa-
Vanessa : claro, entra. -respondeu a sorrir- não devias estar no bar?
Ashley : dei uma fugidinha, a esta hora não costuma aparecer la ninguém. -Ashley entrou e sentou-se numa cadeira próxima de Vanessa- vim fazer-te um convite.
Vanessa : convite?
Ashley : sim. -sorri- como não és de cá suspeito que não conheças ninguém parlem do pessoal daqui, certo? -Vanessa afirmou que sim com a cabeça- pois bem, por isso mesmo quero convidar-te para ires comigo e com umas amigas minhas á inauguração de um bar novo que vai abrir hoje. Alinhas?
Vanessa : não sei, amanha tenho de acordar cedo para vir trabalhar. -Vanessa queria muito ir, já não se lembrava da ultima vez que saia para se divertir. Mas tinha o FBI e também não podia dar muito nas vistas-
Ashley : anda la, vai ser tão divertido. -insistiu- um bando de mulheres dentro de um bar a dançar e a beber ate cair pro lado, o que pode ser melhor? -disse animada- se o problema é o FBI falas com o Efron e dizes-lhe que não podes vir de manha porque tens problemas pessoais para tratar. Anda la, prometo que não te vais arrepender!
Vanessa : tudo bem, convenceste-me! -falou a sorrir- diz-me o nome do bar e a morada que á hora marcada estou la.
Ashley : não, diz-me a tua morada que eu passo por tua casa, vamos juntas.
Vanessa : melhor, quando hoje for a minha hora de sair vens comigo para minha casa, arranjamos-nos la e seguimos para o bar, pode ser?
Ashley : combinado, vai ser uma noite memorável. -disse contente- vou apresentar-te as minhas amigas, vais adora-las!
Vanessa : assim espero.
Ashley : vá  agora tenho de ir antes que alguém vá ao bar e não me veja la. -Ashley levantou-se e foi ate á porta- quando saíres não te esqueças de passar pelo bar.
Vanessa : não esqueço!
Ashley : ate logo.
Vanessa : tê logo. -sorriu-


Assim que chagou ao FBI Zac foi logo ate á sala onde guardam os arquivos sobre todos os agentes que la trabalham. Procurou procurou e de Joseph só havia mesmo aquela pasta preta praticamente vazia que já tinha visto. Aquele homem era mais misterioso que um beco escuro. Como nunca tinha dado conta disso? Do tal de Josh Hutcherson também não havia muito mais para ver, estava no FBI á pouco tempo e não ocupava cargo nenhum com importância.
Saiu da sala tal e qual como entrou, sem nada nas mãos  Caminhou para a sua sala como sempre fazia, sem falar com ninguém parlem de Corbin e com os óculos escuros ainda postos. Ao abrir a porta da sala deparou-se com Vanessa sentada num dos sofás pretos a encarar uma das paredes encarnadas que la tinha. Uma parede encarnada vazia, ela estava seria.
Zac : passe-se alguma coisa? -perguntou assim que fechou a porta- descobris-te alguma coisa?
Vanessa : quando não precisar mais dela vou voltar a mete-la no lugar onde uma vagabunda como ela nunca deveria ser saído. -disse seria ainda a encarar a parede- é isto que tu pensas a meu respeito, não é? -perguntou agora encarando Zac- as coisas por aqui correm depressa Zachary, devemos ter cuidado com aquilo que dizemos.
Zac : foi o Joseph que te disse isso. -soltou um riso pequeno- eu disse isso quando ele me disse que ia ter de trabalhar contigo, realmente eu disse.
Vanessa : eu não sei o que tu queres de mim Zachary, mas eu não vou deixar que me uses e deites fora. -disse levantando-se seria- eu não vou deixar mesmo.
Zac : usar-te? se a minha ideia fosse usar-te ontem á noite tinha jurado amor eterno, foi isso que eu fiz? -perguntou também serio- eu fui la e fui claro quanto aquilo que eu queria, a minha ideia nunca foi usar-te.
Vanessa : ouve bem Zac, eu só vou dizer isto uma vez. -Vanessa aproximou-se o mais possível de Zac e olhou bem fundo nos olhos dele- ontem eu fui sincera contigo, disse que o que sentia por ti não era uma mera e simples atracão, disse-te daquilo que precisava e disse que não admitia ser apenas um objecto sexual, seja teu ou de quem for, eu dou-me mais valor do que isso. -Vanessa continuava seria e com os olhos colados nos de Zac. O ambiente naquela sala estava tenso- Eu entrei neste jogo sujeita a perder todas as vidas que me deram, não me faças ter de fazer com que tu também corras o risco de perder as tuas, eu não quero fazer isso.
Zac : tanto eu como tu só perdermos as nossas vidas se quisermos, ontem fomos mais do que claros um com o outro, aquilo que vamos oferecer um ao outro não vão passar de carinhos e momentos bem passados. -agora Zac também estava serio e com o olhar penetrante no de Vanessa- se estas ideias continuarem claras na cabeça um do outro nada pode dar errado.
XX : quero saber dos progressos ... -Joseph entrou na sala sem bater e logo percebeu que o clima não era dos melhores. Pelos vistos Vanessa tinha ido mesmo tirar satisfações com o agente Efron- interrompi alguma coisa? -perguntou irónico-
Vanessa : não, já esta tudo resolvido. Com licença. -sem nem uma vez olhar para Joseph Vanessa saiu da sala fechando a porta e deixando dois homens que não se gostavam sozinhos dentro de uma sala-
Joseph : aproveitou bem ontem Zachary? -perguntou a sorrir- algo me diz que foi a ultima vez que teve a honra de tocar na beldade da nossa ex-presidiaria.
Zac : isso você nunca vai saber, assim como nunca vai saber o que é passar a noite inteira a fazer sexo com ela. -respondeu com um sorriso ainda maior- amanha conto-lhe se ela é melhor da primeira ou segunda vez, tudo depende desta noite.

14 comentários:

Thauany disse...

Amei amei amei o Capítulo
#Perfeito
Posta logoo
xoxo

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAA
Amei amei amei o capítulo!
Eu já disse que odeio o Joseph?Se não disse, digo agora:EU ODEIO O JOSEPH!
kkkk...o Zac é ótimo!
Mas acho que o Zac não vai ter a segunda noite agora, a Vanessa já tem planos!
Posta logo
Bjos amorê

Verdade disse...

amei o capitulo
espero que o joseph não consiga terminar com a pequena relação de vanessa e o zac
bjos até o próximo cap posta logo

você é o melhor pra mim disse...

OTIMO NÃO...PERFEITO, SHOW! OH MY GOD QUE CAPITULO PERFEITOOOOOOOOOOOOO POSTA LOGO
XOXO, BEIJOS

Juliana ³³ disse...

aaaaaaaaaaaaaa poste logo também acho nada de segunda noite,esse joseph não tem o que fazer não? ai ai ai ,poste mais nega :)

Juliana ³³ disse...

aaaaaaaaaaaaaa poste logo também acho nada de segunda noite,esse joseph não tem o que fazer não? ai ai ai ,poste mais nega :)

Juliana ³³ disse...

aaaaaaaaaaaaaa poste logo também acho nada de segunda noite,esse joseph não tem o que fazer não? ai ai ai ,poste mais nega :)

Juliana ³³ disse...

aaaaaaaaaaaaaa poste logo também acho nada de segunda noite,esse joseph não tem o que fazer não? ai ai ai ,poste mais nega :)

stephanie_95_7 disse...

Adorei o capitulo
Ta muito bom :)
Bjs

sarah evelin disse...

Amei o cap postar logo já to ansiosa para o poximo beijos

Caue Luccas disse...

esta perfeito o capitulo, adorei, vc é mto boa nisso :D

Caue Luccas disse...

Adorei o capitulo,voce e mto boa nisso, parabens, e poste logo o proximo :D

Caue Luccas disse...

muitooooooooo boooooooooooooom, vc é demaiiiiiiiis

Rita disse...

AMEI!!! Está perfeito!! <3
Posta rápido pf...

BJS