segunda-feira, 23 de julho de 2012

Capitulo VII

XX : é bem pior do que aquilo que pensávamos, se ele se andam a comer eu não sei, mas tenho a certeza de uma coisa, não foi por isso que a Vanessa saiu. -disse baixo, quase num sussurro ao telefone-
Jack : então pelo que foi? -perguntou impaciente-
XX : ela vai ajuda-los apanhar-nos, acabaram de a apresentar como a mais nova agente do FBI, Vanessa Hudgens.
Jack : cabrona do caralho! -disse furioso-

Depois da sua apresentação Vanessa mergulhou com a cabeça no "trabalho", estava com um monte de capas pretas em cima da mesa, lia uma por uma á procura de quem pudesse ter o tal informador, estava complicado. Zac também estava na sala, fazia o mesmo que Vanessa, ela sentada na cadeira e Zac no sofá, evitavam falar um com o outro. A porta abriu-se, Zac e Vanessa voltaram as atenções para a mesma, o que ele queria?
Zac : precisas de alguma coisa? -perguntou mal humorado-
XX : preciso, mas não é nada vindo de ti. -disse irónico- pareceu-me que não tivemos um bom começo agente Hudgens. -disse sentando-se em frente a Vanessa-
Vanessa : acha agente Pettyfer? -perguntou sarcástica- eu nem sequer reparei.
Pettyfer : peço desculpa pela minha indelicadeza de horas atrás, não voltara acontecer. -disse com um sorriso galã que em nada impressionou Vanessa-
Vanessa : não dei importância, aquilo que os outros pensam ou dizem de mim passa-me totalmente ao lado Alex. -disse fria e grossa- faça o favor de sair que eu preciso trabalhar. -disse voltando a enfiar a cabeça na capa preta- talvez devesse fazer o mesmo, pode ser que assim consiga aquilo que sempre quis.
Pettyfer : porque não almoça comigo? encare este convite como um pedido de desculpas. -disse a sorrir, não iria desistir assim tão facilmente-
Vanessa : não é necessário almoço algum para se desculpar, já nem me lembro do que aconteceu. -disse formando um sorriso falso no rosto-
Pettyfer : então aceite apenas para nos conhecermos melhor. -disse insistente-
Zac : ela já disse que não Alex, sai, nos precisamos trabalhar. -disse pronunciando-se pela primeira vez desde o inicio daquela conversa-
Pettyfer : vamos Vanessa, sem compromissos, um  jantar entre duas pessoas que se querem conhecer melhor. -disse ignorando Zac completamente que ficou totalmente furioso por ter sido ignorado-
Vanessa : não me lembro de ter dito que o queria conhecer melhor Alex. -disse a rir- saia, eu preciso trabalhar. -disse apontando para a porta-
Pettyfer : Vanessa ...
Zac : SAI! -disse alto- se não saíres agora eu vou começar a socar a primeira coisa que me aparecer á frente e o meu punho tem uma queda por cabelos loiros! -disse sarcástico-
Pettyfer : um dia destes nos ainda vamos acertar contas Efron. -disse entre dentes- vais arrepender-te de tudo aquilo que me dizes, podes escrever. -disse com as mãos fechadas em punhos-
Zac : não me obrigues a ter de te tirar da sala, aqui as pessoas trabalham. -disse a rir- sabes o caminho ate á porta.
Furioso Alex saiu da sala e bateu a porta com brutalidade, Zac voltou a sentar-se e sem ser dita uma única palavra ambos voltaram as suas atenções, novamente, para as pastas pretas. Passou cerca de mais meia hora, Zac e Vanessa ainda estavam atentos nos papeis que tinham á frente, Vanessa já estava a ficar cansada quando finalmente viu algo que lhe interessava.
Vanessa : Josh Hutcherson. -disse despertando atenção de Zac-
Zac : como? -perguntou ao levantar-se-
Vanessa : Josh Hutcherson, o que sabes sobre este tipo? -perguntou virando a capa para Zac pare ele ver a foto-
Zac : o que basta para saber que não é dele que estamos á procura, foi o Joseph que o pôs aqui dentro. -disse assim que viu a foto-
Vanessa : isso não tem nada a ver, pelo que diz aqui ele é a única pessoa que encaixa. -disse insistente-
Zac : encaixa onde? -perguntou sentando-se á frente de Vanessa-
Vanessa : eu lembro-me de quando começaram as chamadas misteriosas, foram á mais ao menos cerca de 4 meses antes de ser presa e pelo que diz aqui condiz com a data de entrada deste gajo aqui. -disse seria-
Zac : fora isso não há mais nada que nos faça desconfiar do puto, o Joseph trouxe-o para cá como estagiário. -disse sem dar importância-
Vanessa : um estagiário que esta presente em todas as reuniões do concelho? -perguntou irônica- eu ainda agora cheguei aqui, mas não me parece que seja normal os estagiários saberem de todos os assuntos confidenciais do FBI.
Zac : o puto é uma espécie de conselheiro pessoal do Joseph, o Joseph tem plena confiança nele, estávamos a perder o nosso tempo se déssemos valor ao puto.
Vanessa : eu não acho, o Joseph não é de confiar nas pessoas e muito menos num estagiário de quinta que acabou de entrar aqui, eu garanto-te que ele só me deixa estar aqui, agora, porque estou contigo, senão fosse ...
Zac : tudo bem, nos podemos andar de olho no puto, mas não nos vai servir de nada! -disse a rir- o Joseph é esperto, não ia meter aqui uma pessoa em quem não confiasse.
Vanessa : concordo, o Joseph era realmente incapaz de trazer praqui para dentro uma pessoa em quem não confiasse, mas talvez ele queira aqui o Josh.
Zac : tu estas a tentar dizer que ...
Vanessa : que o Joseph pode estar mais ligado do que aquilo que nos pensamos aos Sparrow?! -perguntou interrompendo Zac- é exactamente isso que eu estou a dizer.
Zac : tu estas louca, o Joseph era incapaz de uma coisa dessas, ele ama o FBI, isto é a vida dele!
Vanessa : não é preciso ser muito esperto para saber que o Joseph é mais matreiro que uma raposa! Ele pode muito bem mostrar ser aquilo que não é! O Joseph não ama o FBI, ele ama aquilo que é melhor para ele, adora o estatuto dele aqui dentro, nada mais! Se aparecer algo melhor podes ter a certeza que ele esquece o FBI num abrir e fechar de olhos meu caro. -disse seria-
Zac : o Joseph manda nisto tudo, porque é que ele iria fazer uma coisa dessas?
Vanessa : é isso que nos vamos descobrir, caso aquilo que eu pense seja verdade.
Zac : tudo bem, tu ficas atenta ao Josh e eu investigo o Joseph, se ele tem ligação com os Sparrow nos vamos descobrir.
Vanessa : óptimo, se precisares de alguma coisa liga. -disse ao levantar-se- vou almoçar.
Zac : espera! -disse impedindo Vanessa de sair- eu preciso falar contigo.
Vanessa : não agora, não aqui, não é o local nem a hora certa para isso. Se for realmente importante passa hoje pelo apartamento que o Joseph alugou para mim, la podemos falar á vontade e sem sermos interrompidos.
Zac : tudo bem, passo la as 1o. -disse soltando Vanessa-
Vanessa : vou ficar á espera. -Vanessa saiu da sala e Zac ficou la, a pensar naquilo que ia dizer a Vanessa, e como ia dizer.-

Vanessa saiu e foi ate ao bar, mandou um olhar a Ashley e logo estavam dentro do carro da morena, iriam almoçar num restaurante perto da praia, uma coisa simples e rápida. Encontraram logo mesa, conversaram sobre tudo e mais alguma coisa, Vanessa achava Ashley aquele tipo de mulher louquinha mas boa pessoa, aquele tipo de pessoa que esta sempre lá apoiar quem precisa. Quando o assunto Zac estava na mesa ...
Vanessa : é isso, ele é complicado, não sabe o que quer. -disse confusa- quando o beijei ele parecia estar a gostar mas depois voltou tudo ao mesmo, como se ainda não bastasse antes de vir almoçar disse que queria falar comigo, vai passar por minha casa hoje ás 10.
Ashley : isso não é bom?
Vanessa : não faço a mínima ideia, por um lado sim, vamos resolver as coisas. Mas por outro ...
Ashley : tens medo que as coisas se resolvam e não fiquem da maneira que tu queres né? -perguntou interrompendo Vanessa- é um risco que tens de correr.
Vanessa : eu sei, mas pensar que vai tudo acabar mesmo antes de começar deixa-me frustrada! -disse chateada- o Zac parece que tem medo de recomeçar a vida dele, parece que esta á espera que a Amanda volte quando sabe que ela esta morta!
Ashley : tens de entender o lado dele, o Zac amava a Amanda, talvez ainda ame, é complicado para ele. -disse calma- a Amanda morreu e deixou ao encargo dele dois bebes pequenos, quase recém nascidos, a vida dele não tem sido fácil Vanessa.
Vanessa : eu sei, mas não é por isso que ele tem de parar de viver. Já se passaram dois anos desde a morte da Amanda, já esta mais do que na hora do Zac refazer a vida dele.
Ashley : e de preferência contigo, não é? -perguntou deixando Vanessa envergonhada- ai ai Vanessa, estas caidinha pelo Zac!
Vanessa : é estranho, eu conheço-o á 3 ou 4 dias, mas parece que ele já é importante demais na minha vida. -disse confusa- o que eu sinto deixa-me com medo.
Ashley : medo? uma agente do FBI com medo de amar?! -perguntou irônica- agora sou eu quem te diz, faz-te á vida, se eu estivesse no teu lugar podes crer que não tinha medo do que sentia, qual é a mulher que no seu estado normal tem medo de sentir seja o que for pelo Zachary?! isso é estúpido! -disse a rir-
Vanessa : é melhor irmos, a nossa hora esta quase a passar, ainda tenho muito para fazer. -disse mudando de assunto-
Ashley : vamos la!
Vanessa e Ashley pagaram a conta e voltaram para o FBI, Vanessa para a sua sala e Ashley para trás do balcão, o resto do dia de Vanessa foi cansativo, viu todos os documentos a que tinha acesso sobre Joseph, não havia nada errado, nem sequer em problemas ele havia se metido. A única coisa que a intrigou foi a sua vida pessoal, ninguém sabia nada dele, se tinha pais, irmãos, tios ... nada, não havia nada na ficha dele, era estranho.
Vanessa : o que é que sabes sobre da família do Joseph? -perguntou entrando na sala de Zac sem bater- aqui não tem nada escrito, nem sequer o nome dos pais ou irmãos. -Vanessa atirou a pasta preta para cima da mesa e Zac analisou-a-
Zac : nuca tinha reparado. -disse ao passar os olhos sobre a ficha de Joseph- ele é fechado, não fala sobre a vida pessoal, eu pelo menos não sei nada dele!
Vanessa : trabalhas aqui á anos e nunca ouviste falar da família dele? -Zac afirmou com a cabeça- é por ai que vamos começar, temos de descobrir tudo sobre o passado do Joseph, ate ao mais intimo pormenor.
Zac : tudo bem, eu vou ligar a um amigo meu, ele faz-nos uma investigação profunda e diz-nos o que descobriu, assim podemos andar mais de olho no Josh.
Vanessa : óptimo, eu vou embora, já não tenho mais nada a fazer aqui.
Zac : já vais para casa? -perguntou ao levantar-se rápido-
Vanessa : já, tenho tudo para arrumar, quanto mais cedo melhor. -disse ao andar em direcção á porta- ate logo. -disse antes de sair-
Zac : as 10 estou la, espera por mim. -disse serio-
Vanessa : tudo bem.
Vanessa saiu da sala e antes de ir para o carro foi ter com Ashley, despediu-se e saiu. Já tinha guardado no GPS as coordenadas que a levariam ate ao seu novo apartamento, era num bairro calmo e sofisticado, em nada tinha a ver com os sítios que Vanessa estava habituada a viver. O prédio ficava dentro de um condomínio privado, no lado de fora, perto da entrada estavam dois seguranças vestidos de preto e com óculos escuros, Vanessa disse que era a nova moradora e deixaram-na entrar.
O hall de entrada do prédio era bastante elegante, era em tons de verde musgo e bege, Vanessa seguiu para o elevador com as suas malas, não eram muitas, afinal tinha reformado o seu guarda roupa, ou pelo menos parte dele.
O seu apartamento ficava no terceiro andar, quando o elevador se abriu Vanessa procurou a porta 10, abriu-a com a chave que Joseph lhe havia entregue e adorou o que viu, o apartamento era a cara de Vanessa, cores claras e neutras, nada muito chamativo, exatamente como Vanessa gostava. (prestem atenção é imagem, esta casa é um pouco estranha, a sala fica no andar de cima, a cama no andar de baixo. É estranho mas vai dar um jeitasso ao longo da historia.)
Começou por desfazer as malas e colocar todas as suas roupas e pertences nos respectivos sítios, duas horas depois estava tudo no lugar. Depois Vanessa foi dar uma olhada mais detalhada por todo o apartamento. O apartamento tinha tido, loiças, produtos de limpezas, comida ... 
Vanessa estava cansada, tinha dormido pouco na noite anterior, deitou-se no sofá da sala, que ficava no andar de cima assim como o escritório e uma das casas e banho, e logo adormeceu.
Acordou algumas horas depois, fez o seu jantar e depois arrumou a cozinha, tudo com a maior calma possível. Queria manter-se ocupada para não pensar na visita de Zac, sabia que se estivesse parada iria estar sempre a pensar nisso.
Quando finalmente acabou de arrumar a cozinha a campainha de sua casa tocou, olhou para o relógio, eram apenas 9 horas, tinha marcado com Zac as 10, ele não iria chegar tão cedo, tinha de colocar Abby e Alexander para dormir. Caminhou ate á porta e abriu-a, quase que os seus olhos saíram da orbita quando viu quem era.
Vanessa : o que esta aqui a fazer?! -perguntou sem entender-
XX : achei que fosse agradável passar por aqui para lhe dar as boas vindas, afinal não se muda de casa todos os dias, Vanessa. -a tal pessoa entrou sem ser convidado e Vanessa fechou a porta ainda sem entender- trouxe vinho, espero que goste. -disse só pegar em dois copos e colocar um pouco de vinho em cada um deles, entregou um a Vanessa e sentou-se na cama dela-
Vanessa : 


ACABOU !!!! Sei que demorei muito para postar, mas tinha exames finais para fazer ... Desculpem a demora, prometo postar com mais frequência a partir de agora.
Espero que gostem deste capitulo, o próximo promete.
5 COMENTÁRIOS PARA O PRÓXIMO MENINAS !!!! 
Beijos :)

5 comentários:

Mi ' disse...

Perfeito, estou ansiosa pelo o proximo.

Edyh_2012 disse...

Quem e????? quem e????? quem e???????
Posta logo please
To curiosa
Kiss

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Quem chegou no Ap da Vanessa?
Aposto que é o Joseph, quem mais conheceria o lugar tão bem assim?
Ai que curiosidade!
Amei amei amei o cap!
Posta logo
Bjos amorê

Baa' disse...

hmm acho que é o Joseph..
Cap muito bom
Posta logo
Beijos

Rita disse...

Tá ótimo!! AMEI!!
Posta rápido por favor, quero logo saber quem foi qe chegou em casa da Vanessa :)

bjs