domingo, 4 de novembro de 2012

Capitulo X

Zac : já vais sair? -perguntou assim que viu Vanessa guardar todas as suas coisas. O clima entre os dois estava estranho desde o inicio do dia-
Vanessa : já, tenho coisas combinadas para esta noite. -disse seca- não quero atrasar-me.
Zac : coisas combinada? -perguntou levantando-se da cadeira- que coisas?
Vanessa : não esta implícito no nosso acordo, ou no que lhe queiras chamar, que tenhamos de contar tudo sobre a nossa vida um ao outro. -respondeu mais uma vez seca- fazes o favor de me sair da frente? -perguntou impaciente- tenho pessoas á minha espera.
Zac : isso tudo é só pelo que eu disse sobre ti? -perguntou não dando ouvidos ao que Vanessa tinha dito- por amor de Deus Vanessa!
Vanessa : isto tudo porque se não me saíres da frente agora eu vou chegar atrasada ao meu compromisso, eu deteste chegar atrasada. -disse seria. Estava furiosa com Zac, capaz de lhe arrancar, um por um, os fios louros de cabelo que ela tanto gostava da cabeça.-
Zac : quem esta á tua espera? -perguntou, mais uma vez ignorando o que Vanessa queria- 
Vanessa : não tens nada a ver com isso. Sai da minha frente Zac. -pediu sem paciência-
Zac : estava a pensar ir ter contigo esta noite. -Zac achou melhor ir por uma outra abordagem. Vanessa estava realmente chateada.-
Vanessa : já tenho coisas combinadas, como sabes. -respondeu colocando os óculos Chanel escuros- será que agora podes sair-me da frente e deixar-me passar? -perguntou sarcástica-
Zac : sabes que mais? -perguntou farto daquela birra- quando decidires deixar essa birra de lado fala comigo, eu não tenho pachorra para aturar o teu orgulho ofendido. Como tu mesmo disseste nos não devemos nada um ao outro. -disse alto- Eu disse aquilo e não me arrependo, era o que pensava no momento, a minha ideia era realmente utilizar-te naquilo que precisasse e depois arranjar uma maneira de te voltar a meter na prisão! -disse sem dó, estava farto daquele clima estúpido. Não tinha nada serio com Vanessa para ela ficar chateadinha.-
Vanessa : acabas-te? -perguntou aparentando estar indiferente aqueles comentários. Benditos óculos de sol escuros- posso sair agora ou ainda vais dizer mais alguma coisa?!
Zac : abro-te a porta se me pedires com jeitinho. -proferiu sarcástico. Sem nem receber uma respostas de Vanessa viu-a abrir a porta e sair. Como a porta continuava aberta viu alguns dos agentes que estavam no corredor, uns 7, olhar o rabo de Vanessa. Praticamente come-la com os olhos. Bando de retardados. Saiu da sala e fechou a porta com força chamando atenção de todos naquele piso.- precisam de ajuda? -perguntou aos agentes que á segundos atrás olhavam Vanessa-
Agente : não senhor. -respondeu um deles de cabeça baixa-
Zac : então saia daqui e volte a fazer o seu trabalho que é para isso que lhe pagam, não para ficar a olhar para as agentes com cara de parvo. -disse serio, mal humorado ate- o aviso é para todos, desaparecem da minha frente. -sem nem ser preciso Zac dizer um ai os agentes já estavam a expressar-se pelo piso.-


Vanessa : pronta? -perguntou assustando Ashley que estava de costas para o balcão a guardar alguma coisa-

Ashley : assustaste-me. -disse com a mão no peito- espera só um minuto. -Vanessa assentiu e viu Ashley entrar por uma porta que havia por detrás do balcão. Segundos depois ela já estava cá fora com o saco no ombro e o casaco nas mãos- podemos ir. -sorriu-
Saíram juntas do prédio e encaminharam-se para o parque subterrâneo, Ashley arregalou os olhos quando viu qual era o carro de Vanessa.
Ashley : oh my fucking goodness. -disse de olhos arregalados- esta belezura é tua?
Vanessa : pode dizer-se que sempre gostei de carros potentes. -comentou a sorrir- queres entrar ou preferes admira-lo só de fora? -em poucos segundos Ashley já estava dentro do carro com um sorriso estampado no rosto- queres passar em algum lugar antes de irmos para minha casa?
Ashley : se não te importasses passávamos em minha casa, tenho de pegar numa roupa.
Vanessa : roupas não é o problema, devemos usar o mesmo numero. -calculou- devo ter alguma coisa la em casa que te agrade.
Ashley : se preferes assim. -da de ombros- por mim sem problema!
Vanessa : vamos la então! -Vanessa deu com a chave e logo uma musica preencheu o carro. U2.- eles são fantástico. -comentou aumentando o volume do som-
Ashley : beautiful day! -cantou ao som da musica- eles são mesmo. -em poucos minutos estavam a entrar no apartamento de Vanessa- não é só nos carros que tu gostas de potencia, esta casa é fantástica.


Zac : CHEGUEI! -gritou assim que entrou em casa, nesse mesmo segundo viu Abby correr o mais que as suas perninhas permitiam na sua direção- eih princesa! -disse a rir-
Brittany : finalmente chegas-te! -disse entrando na sala com Alexander no colo- preciso sair mais cedo,hoje. -disse pondo Alexander no chão- há problema?
Zac : não, por mim estas á vontade. -respondeu atirando-se para o sofá com Abby no colo que gargalhou- vais onde? -perguntou olhando-a com uma das sobrancelhas levantadas-
Brittany : sair! -respondeu, apenas-
Zac : isso eu já tinha associado, a minha pergunta é mais para saber para onde e com quem Brittany. -respondeu irônico-
Brittany : e desde quando é que eu te tenho de dar justificações? -vai para a cozinha-
Zac : desde quando eu me comecei a preocupar contigo menina, onde e com quem vais estar? -Zac deixou os filhos na sala e foi atrás de Brittany para o cozinha-
Brittany : com um amigo. -disse de costas-
Zac : amigo? -perguntou sem gostar muito da ideia-
Brittany : nem faças essa cara que tu não és meu pai! -disse apontando o dedo á cara de Zac- e pra mais andas por ai as cambalhotas com a Vanessa e já tens dois filhos!
Zac : Brittany ... -serra os olhos-
Brittany : tenho 20 anos Zac, idade para sair e me divertir! -sorri- devias fazer o mesmo, apesar de já teres 27 aninhos ainda continuas em forma chefinho! -solta uma gargalhada- porque é que não vais ter com a Vanessa? -perguntou antes de sair da cozinha- ela gosta muito de ti e dos teus filhos, esta exposto aos olhos de quem não quer ver Zac.
Zac : as coisas não são bem assim ... -admitiu virando-se para Brittany que o encarava seria-
Brittany : ate podem ser, mas tu podes descomplica-las. -aproxima-se de Zac e sorri um pouco- eu não sei que tipo de relacionamento tens com a Vanessa, nem sequer sei se é um relacionamento. Sinceramente também não quero saber. -admite sincera- Só tenta não a fazer sofrer, eu ouvi o que ela te disse naquela manha (capitulo V), ela esta mais do que certa. -poe a mão na cara de Zac- a Amanda não vai voltar Zac, nunca mais. -friza bem a parte do nunca mais- Não fiques preso num passado quando tens um futuro mesmo á tua frente. -praticamente suplica- eu realmente acho que a Vanessa é esse futuro, mas isso é apenas a minha opnião. Tenta, pelo menos tenta. Dá-lhe uma chance. -Brittany da um beijo na bochecha de Zac e sai da cozinha deixando-o sozinha, ou pelos menos ele pensava que estava sozinho-
Manuela : a menina Brittany tem razão senhor. -disse entrando na cozinha e encontrando Zac desnorteado apoiado na banca- a menina Vanessa é uma bela mulher, daquelas que só aparecem uma vez na nossa vida. Não as devemos desperdiçar. -disse com um sorriso acolhedor no rosto- tenho a certeza que os seus filhos concordam comigo, principalmente o menino Alexander.
Zac : eu ...
Manuela : como a menina Brittany disse, pelo menos tente. -falou não deixando Zac terminar- todos merecemos uma oportunidade, a menina Vanessa não é excepção.
Zac : o passado dela ...
Manuela : exatamente, o passado dela. -disse interrompendo Zac mais uma vez- porquê julga-la pelo passado se pode julga-la pelas acções dela agora?! -Manuela serviu um copo com cafe a Zac e fez-lhe sinal para se sentar num dos bancos do balcão, Manuela sentou-se á sua frente- acho que todos nesta casa ouvimos o que a menina Vanessa lhe disse naquela manha. -admitiu- acho que é apenas eu vi o que se passou depois, na entrada desta casa. -Manuela referia-se ao beijo, viu-o e já não ficava feliz daquela forma á anos-
Zac : aquele beijo foi um erro, assim como tudo depois dele! -falou mesmo sem ter certezas do que dizia. Apesar de querer muito Zac não se arrependia de nada do que tinha feito com Vanessa. Bem pelo contrario.-
Manuela :  o que se passou depois eu não sei, quer dizer, desconfio. -sorri animada- não se culpe por voltar a viver senhor, pelo amor de deus, a menina Vanessa tem mais do que razão quando lhe diz que tem de voltar a viver. É um homem tao bonito, consegue ter qualquer mulher que quiser ao seu lado.
Zac : eu não quero ninguém! -disse levantando-se do banco depressa-
Manuela : o menino quer, e esse é o seu grande problema. -sorri- eu não sei porquê, nem sequer entendo, mas o menino não quer querer quem quer.
Zac : eu não quero ...
Manuela : se quer enganar alguem engane-se a si próprio, porque quem lhe conhece bem sabe que isso é mentira. -disse um pouco alto- se quer perder a pessoa de quem esta a começar a gostar mesmo antes de a ter esta num bom caminho. Uma mulher assim não fica sozinha durante muito tempo, basta ela escolher e o menino já se deve ter apercebido disso. -disse seria, um pouco chateada ate- se a perder a culpa vai ser exclusivamente sua, porque da parte dela ela agora estava aqui consigo, ao seu lado. O menino é que esta a empatar as coisas. -Manuela saiu da cozinha assim como entrou, derrepente, deixando um Zac desnorteado e confuso sem saber o que fazer sozinho.-



Vanessa : o que achas? -perguntou fazendo Ashley voltar-se para si- 
Ashley : acho que contigo assim nao vai sobrar nada para nos! -comentou fazendo Vanessa rir-se- nao, asserio estas linda!
Vanessa : menos mal. -disse voltando a olhar-se ao espelho- podemos ir? -perguntou pegando na bolsa-
Ashley : nao, nao podemos. -respondeu seria- nos nao vamos sair desta casa ate me contares exactamente aquilo que se passa contigo, nota-se a quilometros de distancia que tu nao estas aqui Vanessa. -comentou sentando-se na cama com Vanessa- sei la, estas triste, os teus olhos estao tristes. De um castalho avelã passaram para um castanho escuro que eu tenho a certeza que nao é de desejo! -brincou-
Vanessa : eu so preciso distrair-me, nao me apeteve muito falar sobre este assunto. -admitiu-
Ashley : é o Zac nao é? -Ashley nem precisou de resposta, a reacçao de Vanessa desarmou-a- tu sabias que ia ser complicado ter seja o que fosse com ele.
Vanessa : nao sabia que ia ser assim tao complicado, ainda agora começamos e ja há probemas. -admitiu de rastos- eu gosto dele Ashley, tenho medo de me acabar por apaixonar e depois doer ainda mais. -poe as maos na cara- o que nos temos nao é nada serio, tanto pode acabar hoje como daqui a um mes.
Ashley : faz com que acabe so daqui a um mes entao! -tira as maos de Vanessa da cara- se gostas dele luta por ele.
Vanessa : ele nao quer que lutem por ele e isso é que o acaba comigo. -disse deixando uma lagrima escorrer dos seus olhos- ele nao quer isso, nao quer que tentem faze-lo feliz. Simplesmente nao quer.
Ashley : entao faz com que ele queira. -disse abraçando Vanessa- uma mulher como tu consegue fazer qualquer coisa a um homem Vanessa, quer ele queira ou nao. -sorri- o Zac so é mais complexo que os outros, tens de ser mais persistente. So isso.
Vanessa : que seja! -disse limpando as lagrimas e levantando-se- esta noite vou divertir-me e nao vou pensar em Zac nem meio Zac nenhum! -disse decidida- esta noite é minha e ninguem a vai estragar!
Ashley : é assim mesmo! -risse e levanta-se tambem da cama- vamos la entao. -Ashley e Vanessa estavam a caminhar para a porta quando ela toca- estas á espera de alguem?
Vanessa : nao, nao estou. -Vanessa abriu a porta e quase caiu para teaz quando viu Zac- o que é que estas aqui a fazer?
Zac : eu preciso de falar contigo. -disse olhando Vanessa de cima abaixo- onde é que tu ias assim vestida?
Vanessa : eu disse-te que hoje ia sair. -falou ignorando a pergunta de Zac- seja o que for pode esperar ate amanha. -disse grossa-
Zac : é importante, muito. -reforçou-
Vanessa : eu ja disse ...
Ashley : se é tao importante é melhor ficares. -disse interrompendo Vanessa que a olhou com um olhar de matar- vou deixar-te aqui a morada do bar, se quiseres aparecer nos vamos estar la. -Ashley deixou um papel em cima da mesa perto da porta e deu um beijo na bochecha de Vanessa- parece ser mesmo importante, eu apanho um taxi, nao te preocupes. Boa sorte. -Ashley voltou-se na direcçao da porta e antes de sair acenou para Zac que soltou um pequeno sorriso en troca-
Vanessa : espero que seja mesmo importante! -disse grossa voltando a entrar em casa. Zac entrou e fechou a porta. Vanessa voltou-se para ele com as maos na cintura- fala, ainda me quero ir encontrar com elas!



Por hoje é tudo. Espero que gostem do capitulo. Proximo vai trazer fortes emoçoes, é pra ficar curiosas!
10 COMENTARIOS PARA O PROXIMO :)
Fiquem bem e ate ao proximo post ... BEIJOS

11 comentários:

Thauany disse...

Amei o capítulo
Será q dessa vez eles vão se acertar?
Tomara q sim
Mega ansiosa para o próximo capítulo q
Com certeza prometee
Posta logoo
xoxo

Verdade disse...

ameeeeeeeeeeeei o cap
so que o zac esta sendo cabeça dura de mais so espero que ele siga o seu coração
Bjos até o próximo cap to muito ansiosa para ler

YM R disse...

muitoo bom o cap.
posta logo
estou ansiosa para ler o proximo cap
bjss!!

YM R disse...

muito bom o capp'

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Tô morta de curiosidade!
Amei amei amei o capítulo!
Perfeito como sempre!
Tô loka pra saber o que o Zac quer falar pra ela!
Posta logo
Bjos amorê

Regi disse...

muito bom o cap! posta logo pelo amr de deus! morrendo de curiosidade!bjo

Regi disse...

muito bom o cap! pelo amor de deus posta logo to morrendo de curiosidade! não demora! posta logo hein! bjo

C Lopes disse...

OH GOOD
quero mesmo ver o que vai acontecer
posta logo

Edyh_2012 disse...

OH MY GOD!!!!
Garota se vc não postar logo eu... não vou fazer nada com vc pq não posso... mas vou MORRER!!!!
Comosassimvcparanamelhorparte????
O que o Zac va dizer???
Posta logo pleaseeee
Kiss Baby

Alinne disse...

Quero saber o que o Zac vai falar pra Vane.. tem que ser uma coisa boa kk.. tô super curiosa pra ver o próximo cap, posta logo flor bjbj :**

sarah evelin disse...

Amei o cap ta lindo posta logo to curiosa para saber o que o zac que falar.beijos